Todos os dias surgem novas ameaças cibernéticas e, com isso, as empresas estão sempre buscando novas formas de se defender e garantir a segurança de seus dados.

Conforme a tecnologia avança, mais e mais pessoas têm acesso a ferramentas de invasão e utilizam essas soluções de forma maliciosa para obter vantagens financeiras. O principal alvo dos hackers são as pequenas e médias empresas, geralmente, as que investem menos em segurança da informação.

No entanto, é possível evitar tais ameaças escolhendo bem as ferramentas a serem aplicadas e mantendo todo o ambiente de TI controlado. Neste post vamos falar um pouco mais sobre o EDR .

O que é Endpoint Detection and Response – EDR?

Antes de entrar na forma como o EDR funciona, vamos a uma breve explicação sobre como os antivírus funcionam.

O antivírus comum, utilizado tanto em empresas como em residências, demonstra uma boa eficiência no reconhecimento de ameaças, atuando como um guardião do equipamento, onde sua principal função é identificar os vilões que tentam atacar seus arquivos.

Para isso, ele possui seu próprio banco de dados, com informações periodicamente atualizadas (várias vezes ao dia), que garante que ele reconheça uma ameaça e não a deixe invadir o computador, porém, ele não tem como reagir a isso, ou seja, ele apenas repassa essa informação ao usuário ou técnico, que deverá tomar as respectivas providências.

O EDR tem a capacidade de detectar vírus, malwares e outros tipos de ataque, além de responder a essas ameaças, o que podemos entender como um diferencial em relação ao antivírus comumente utilizado, ou seja, não toma uma postura passiva ao detectar alguma ameaça.

O Endpoint Detection and Response torna-se parte importante da segurança para pequenas e médias empresas, responsável por proteger de forma proativa a rede contra ameaças monitorando, identificando e iniciando respostas automáticas para ataques. Isso é possível graças ao motor da aplicação que é baseado em Inteligência Artificial.

As soluções de EDR fornecem visibilidade em tempo real para a rede de computadores, assim como capacidades proativas para identificar e responder às ameaças, miticando possíveis ataques tendo, inclusive, a capacidade de realizar rollback, restaurando os arquivos ao estado anterior a infecção.

Essa ferramenta é a única capaz de proteger contra o chamado Dia Zero, quando a assinatura da ameaça ainda não foi determinada, não tendo ainda vacina disponível no banco de dados de atualização dos antivírus.

Por que sua empresa precisa de EDR?

Estamos cada vez mais expostos a ameaças, e isso tende a aumentar. A complexidade dos ambientes de TI dentro das organizações é cada vez maior com tendências como BYOD, Bring Your Own Device, que acaba por inserir uma grande gama de dispositivos sem controle na rede das organizações.

As estações de trabalho, em geral, são alvos fáceis para os atacantes iniciarem uma variedade de ataques, sendo um meio para atingir outro objetivo – a rede corporativa e os dados contidos ali. Uma vez que eles possuem esses dados, eles vendem para quem pagar mais ou aplicam um golpe de sequestro ou outros tipos de fraude.

Dentro desse contexto de ameaças, no qual cada ponto se torna um potencial vetor para o início de um ataque cibernético e cada dispositivo pode ser utilizado como entrada para a captura de dados, temos que lidar com uma infraestrutura cada vez mais caótica.

As soluções de EDR fornecem visibilidade para a rede de computadores, onde em geral o cenário que se apresenta é de segurança insuficiente. É quase impossível se proteger de algo que você não consegue visualizar, e grande parte das ameaças se aproveitam desses pontos cegos. Contudo, ao contrário de soluções de antivírus, que dão visibilidade apenas no nível do dispositivo, as soluções de EDR permitem o monitoramento em nível da rede.

Além disso, atuam no controle de todos esses pontos de entrada dentro da rede, monitorando todos os terminais e controlando muitas das ameaças modernas, as quais não são detectadas pelos softwares antivírus comuns.

O EDR também ajuda a monitorar e proteger os sistemas contra os chamados APTs, Advanced Persistent Threats, as ameaças persistentes avançadas, que utilizam vulnerabilidades específicas para ter acesso à rede.

Detecção de incidentes em tempo-real e análise

As soluções de EDR permitem monitoramento contínuo da rede de endpoints. Possibilitam uma grande vantagem de permitir processos automatizados que buscam e eliminam ameaças nos dispositivos, escaneando em busca de padrões e anomalias que representam atividade maliciosa. Soluções que possuem Inteligência Artificial continuam estudando a rede, usuários e eventos, fornecendo às equipes de segurança a informação mais recente.

Resposta a Incidentes Automatizada

Uma vez que você implementa a solução de EDR, os processos são implementados em conjunto. Tudo desde a detecção de ameaças, investigação de incidentes e alertas de eventos são automatizados. Algumas soluções de EDR permitem até mesmo respostas automáticas de incidentes. Você pode ligar esses alertas e observar sua solução de EDR aplicar as correções em tempo real. Você receberá alertas para o evento, e poderá monitorar como o EDR está mantendo sua rede segura.

Conclusão

As soluções de EDR expandem a segurança de perímetro, com capacidade para detecção de incidentes em tempo real e respostas automatizadas, permitindo visibilidade nas atividades dos dispositivos dentro da rede.

Existem uma série de soluções de EDR e assim como em outros tipos de soluções, diferenças e vantagens em cada fabricante, a Eniax pode lhe auxiliar a entender esses pontos e a disponibiliza a solução de EDR ideal para o ambiente de sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.